post

Festa do Gael

Gael já fez quatorze meses, mas nunca é tarde lembrar do que é bom, não é mesmo? Ainda mais quando é para comemorar o aniversário do nosso filho!

Quando comecei a pensar na festinha dele, o primeiro tema que me veio à cabeça foi fundo do mar, simplesmente porque o Gael adora água. Praia, piscina, banho, tudo é uma alegria para ele. É só colocar na piscina que ele solta um sorrisão, coisa mais linda. Então Gael virou um mini mergulhador na sua festa.

Juntei um grupo de colaboradores, tias, avós, pai, todo mundo colaborou de alguma forma. Minha irmã e minha mãe foram no Saara (região de compras do Rio onde você acha de tudo) comprar bandeiras, forminhas, baldinhos, tubetes, toalhas e mais outras coisas. Fiz os desenhos do bichinhos e minha sogra e cunhada fizeram em feltro, meus sogros também foram no Centro do Rio comprar itens para os aquários que fiz nas mesas dos convidados. Eu e Conrado imprimimos tudo o que precisamos em casa mesmo e montamos os enfeites na semana antes da festa, quando chegamos no Rio. Isso foi um pouco corrido, já que tínhamos que esperar Gael dormir para começar a produção.

Pesquisei muito no pinterest, instagram, google, fui salvando referências e buscando inspirações. As águas-vivas eu aprendi a fazer com o programa “Fazendo a festa” do GNT, aliás, muito bom para buscar ideias. Comprei algumas coisas no Ali Express, como essas redes com conchas, esse babado embaixo da mesa, as bandeirinhas, os balões e mais algumas coisas que acabei não usando. Tudo baratinho que chegou rápido aqui na Noruega. Sempre que ia em alguma loja por aqui ficava de olho se alguma coisa serviria bem para decoração. Na hora de montar a mesa final acabei nem usando tudo, mas foi bom ter opções para ir testando.

De painel de fundo compramos essa juta que eu achei que ficou perfeita para cobrir a parede feia do salão de festas, achei que ornou bem com as cores. Minha irmã e minha mãe acharam uma âncora e timão em loja de artesanato, assim como um mini baú que enchemos com moedinhas de chocolate. As bandejas de ondinhas também são dessas lojas, pintamos tudo em casa. A única coisa que comprei pronto foram os toppings de bichinhos dos docinhos. Ia fazer com uma moça isso e mais um monte de outras coisas, mas de última hora ela não pode entregar, então corri e comprei pelo Elo7, que chegou rapidinho. Os tubetes seriam de mergulhador, mas como não deu para comprar pronto e não sobrou tempo por aqui para fazer, acabamos improvisando de véspera as baleias. Desenhamos à mão e recortamos, super fácil de fazer.

Enfim, foi tudo feito por aqui com muito prazer. Na verdade eu achei uma delícia pensar nos detalhes e colocar tudo junto. Acho que dá um gostinho especial para a festa saber que nos dedicamos e tudo ficou lindo (eu achei!). Porém, o mais importante foi que Gael curtiu muito, acabou a festa imundo! Obrigada ao time pela ajuda e ao grupo que chegou cedo lá para encher balão e montar a mesa: Juju, Matheus e Joana! e obrigada a todos pela presença, morando fora, foi um ótimo motivo para reunir amigos e familiares. Agora que eu gostei do negócio, me aguardem ano que vem!

Fotos: Lá nos momentos

festa-gael

festa-gael-68

festa-gael-2

festa-gael-19 festa-gael-7 festa-gael-8

festa-gael-6 festa-gael-5 festa-gael-3 festa-gael-20-2 festa-gael-10 festa-gael-14 festa-gael-16

festa-gael-33

post

Design escandinavo para bebês

Assim que me mudei para a Noruega eu pirei com a quantidade de lojas lindas de decoração que tem por aqui.  É um estilo diferente do que temos no Brasil. Por aqui vemos muitas linhas retas, formas simples e cores neutras, espaços claros e amplos, tudo com muita cara de sofisticado. Apesar de amar cor e estampa, também amo esse estilo e fiz uma lista de enorme de coisas para casa, tão grande que nem caberia nesse pequeno apartamento em que moramos no centro de Oslo.

E essa lista só aumentou quando tive meu filho, pois as coisas para bebês são simplesmente apaixonantes. Hoje queria mostrar para vocês duas marcas que vendem objetos e móveis para o público infantil com o design escandinavo.

Designlojas-Fermliving

  • A Ferm Living é dinamarquesa e baseia-se em tradições do design escandinavo e estética simples, mas com uma linha gráfica distinta que torna cada item bastante contemporâneo. A marca não é especializada em crianças, mas tem uma linha especial que é uma lindeza só e foge bastante do design infantil comum. Tem papel de parede, objetos, almofadas e muitas outras coisas. Foi difícil selecionar as imagens para colocar aqui, quem quiser conhecer mais clica no link, vale nem que seja para olhar referências.

Designlojas-sebra

Sou completamente apaixonada pela Sebra, acho que nem precisa explicar muito porque, basta olhar as imagens, para quem gosta de design escandinavo a Sebra é tudo o que você procura. Mais uma marca dinamarquesa que surgiu quando sua fundadora procurava móveis para seu filho e não achava nada do seu gosto e qualidade. Eu queria tudo, mas fiquei com alguns brinquedinhos.

Essas são marcas com design diferenciado e boa qualidade de produtos, portanto não são baratas. Os preços são compatíveis com o acabamento do produto, muitas vezes feitos à mão. Na prática, o quarto do Gael veio quase tudo da IKEA, mas olhar não tira pedaço, então eu continuo amando essas marcas.

Curtem esse tipo de post? Ainda tenho muitas outras marcas para mostrar, inclusive de roupas, deixem nos comentários se quiserem conhecer mais! 😉