post

A maternidade e as novas amizades

Fonte: Pixabay

Fonte: Pixabay

Depois que temos filhos a vida muda radicalmente. Em vários sentidos, incluindo o convívio social. Sair e não ter hora para voltar, independente do dia, é algo inimaginável a partir de então. Até porque você precisa pensar nas horas de alimentação, sono, xixi, cocô, mau humor, bom humor… e por aí vai.

Principalmente com crianças pequenas é muito comum os país não conseguirem mais frequentar os mesmos lugares. Com isso os amigos — e os próprios pais –acabam se afastando, involuntariamente e, em alguns casos, voluntariamente. Desde que o Huguinho nasceu já cansei de ler e reler relatos de outras mães contando como os amigos se distanciaram depois que seus filhotes chegaram. E acontece mesmo!

Continue lendo

post

‘Criança não namora. Nem de brincadeira’

crianca-namoraTem circulado nas redes sociais um grande debate em torno de uma campanha criada aqui no Brasil contra a erotização precoce das crianças. O tema me chamou a atenção e decidi pesquisar um pouco mais.

Descobri que se tratava de uma ação desenvolvida pela Secretaria de Estado de Assistência Social do Amazonas. Achei ótima a ideia do slogan: “Criança não namora. Nem de brincadeira”. O tema é polêmico, claro. Muitos acham que não tem nada a ver estimular aquele “namorico” entre crianças, e que essa campanha é nada mais, nada menos do que um excesso de “politicamente correto”.  Outros garantem que comportamentos assim podem ajudar a “adultizar” a criança e induzi-la a sentimentos que ainda não são próprios da idade.

Continue lendo