post

Estamos de mudança!

IMG_0582Quando saímos do Rio de Janeiro para Stavanger planejamos muito, casamento, festa, mudança, casa nova, planos para o futuro, aprender uma língua nova e muitas viagens. Quando decidimos nos mudar para Oslo foi um plano perfeito, tudo encaixou exatamente como queríamos, viemos para uma cidade grande e Conrado e eu começamos a trabalhar na mesma época.

Mas nem sempre as coisas acontecem como planejado e esse ano tivemos que tomar decisões que envolveram grandes mudanças e isso se tornou ainda maior porque somos uma família de três agora e não mais um casal como nas vezes anteriores. Pois bem, o motivo disso tudo e de ter diminuído meus textos por aqui foi que no ano passado a empresa do Conrado fechou o escritório em Oslo, ou seja, todos tiveram seus contratos encerrados. No início desse ano Conrado recebeu uma boa oportunidade de trabalho que nos deixou muito felizes.  Só tinha um porém, a vaga não era em Oslo, era em Gothenburg, Suécia.

Eu não tinha a menor intenção de me mudar tão cedo, adoro morar onde moramos aqui em Oslo, estamos felizes com a creche, temos muitos amigos… Para ser sincera, a minha ideia era nos mudar cada vez mais para o sul, para mais perto do sol e do calor. E no entanto aqui estamos nós, continuando nosso tour pelos países nórdicos, mantendo a latitude e só andando para o lado.

Essa história toda começou em abril, no dia em que estávamos viajando para o Brasil Conrado recebeu uma telefonema. O visto só saiu em agosto e ele começou a trabalhar em setembro. Enquanto não conseguíamos apartamento, nem creche, eu continuei aqui com Gael. Foram 4 meses intensos, física e emocionalmente, para nós todos.

Nesse momento estamos empacotando as últimas coisas (colocando tudo o que sobrou numa caixa entitulada “miscelânea”), o caminhão de mudança sai daqui amanhã de manhã e nós vamos atrás.

Foi um processo tão longo, com tanta coisa para resolver que eu nem acredito que estamos indo de vez. Eu tenho muita sorte de poder continuar trabalhando na mesma empresa que estou, pois eles também têm escritório por lá. Felizmente tenho uma chefe que foi compreensiva e me permitiu trabalhar um pouco menos por dia para  ser capaz de levar e buscar Gael na creche (menos no escritório, porque o trabalho continua muitas vezes em casa). Enfim, tanta coisa para falar sobre tudo isso, que vou falando aos poucos.

Com o coração apertado por deixar Oslo e tudo de bom que vivemos aqui, vamos dando tchau, ao mesmo tempo animados com tudo que a nova cidade pode oferecer. Obrigada Oslo, valeu por tudo Noruega, que venha a Suécia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *