post

Kos og kaos: cartoon norueguês para se divertir com a maternidade

Line Severinsen é uma ilustradora norueguesa que começou a fazer cartoons como uma espécie de diário da sua primeira gravidez. O trabalho dela é tão bom que rapidamente se tornou viral e famoso no mundo todo. Eu conheci seu instagram quando ainda estava grávida e super me identifiquei com várias situações.

Acho que o sucesso dela vem do fato dela ver com humor tanto o lado que apreciamos da gravidez/maternidade quanto o lado caótico (o nome “kos og kaos” em norueguês significa exatamente isso: apreciar e caos). Como ela mesma fala, quando engravidou estava muito animada para ter uma gravidez saudável e se preparar para a chegada de sua primeira filha. Mas sua gravidez não foi nem um pouco perto do que ela via por aí pela mídia, que sempre noticia como uma coisa gloriosa, e não fala da parte difícil. Afinal, não é fácil mesmo, algumas poucas sortudas conseguem ter essa glória de ter uma gravidez sem nenhuma dificuldade, mas a maioria não. Por isso tenho certeza de que muitas mães e futuras mamães se identificam com os quadrinhos de Line, simples e direto! Então fica a dica! Line tem blog, instagram, facebook, acabou de lançar um livro em norueguês e em breve vem um em inglês. 🙂

captura-de-tela-2016-11-26-as-20-20-49

Livro recém-lançado

captura-de-tela-2016-11-26-as-20-17-25

A melhor parte de escolher o nome do bebê é se dar conta do tanto de pessoas que odiamos

captura-de-tela-2016-11-26-as-20-13-45

Coisas que você não precisa dizer para uma grávida: são 2? Oh meu deus, você está enorme, está esperando trigêmeos?

captura-de-tela-2016-11-26-as-20-14-20

Hora de se alongar

captura-de-tela-2016-11-26-as-20-13-59

Como me sinto na academia

captura-de-tela-2016-11-26-as-20-11-42

Esses hormônios

captura-de-tela-2016-11-26-as-20-09-50

O único jeito desse pequeno dormir

captura-de-tela-2016-11-26-as-20-08-23

Pais que adoram uma desculpa para comprar presentes para si mesmos

captura-de-tela-2016-11-26-as-20-07-31

Pós-parto

captura-de-tela-2016-11-26-as-20-05-56

O único jeito dessa pequena dormir

captura-de-tela-2016-11-26-as-20-02-16

Primeiro dia na creche

O que tem na sua bolsa da maternidade?

O que tem na sua bolsa da maternidade?

post

Viajar de carro requer criatividade!

Nunca foi muito fácil sair de carro com o Huguinho. Quando ainda usávamos o bebê-conforto era um terror. Ele chorava muito, não queria ficar sentado e apenas 15 minutos no carro parecia uma viagem de três horas.

Logo que trocamos o bebê-conforto pela cadeirinha o comportamento dele melhorou muito! O Huguinho passou a curtir os passeios de carro, a olhar tudo com mais curiosidade e a interagir conosco sem que precisássemos sentar no banco de trás.

Continue lendo

post

Domingo de inverno ao som de funk

A temperatura está ladeira abaixo (rolando desembestada) e já tem neve lá fora. O frio não é muito convidativo para ficar na rua, mas ao mesmo tempo temos que inventar o que fazer porque ficar em casa com um menininho de 1 ano e três meses não é fácil. E aqui na Noruega tudo fecha domingo, eu digo tudo mesmo, só sobram uns mercadinhos para comprar produtos de última hora. Por isso que eu amei o convite de uma amiga para ir num baile de funk para bebês.

10978599_815835175156893_5361321081721528159_n

O evento acontece uma vez por mês em uma biblioteca aqui de Oslo. E, gente, é uma delícia. Uma tarde com música, gente animada, bebês para todos os lados e pais super empolgados. Gael ficou meio desconfiado no início, depois se soltou mais. É muita atração para eles, além da música, existem livros ao redor que eles podem pegar à vontade. Nesse dia não vale a regra de silêncio na biblioteca, o negócio é fazer barulho!

Se tem gente sentada no chão o dj chama logo para dançar. Toda hora ele inventa algum passo e convida todos para fazer juntos e interage muito com as crianças. Eu, Conrado e Gael adoramos e estamos ansiosos para o próximo baile. Obrigada Aline pelo convite! 🙂
14199675_1177413325665741_4815259596701186180_n14910475_1246500548757018_8947537717057545464_n img_7155 img_7154img_7144-5img_7159-3img_7176

 

post

A primeira dor de garganta a mamãe nunca esquece

urso-doente-pixabay

Fonte: Pixabay

Dizem que tudo o que acontece pela primeira vez na vida a gente nunca esquece. Mas são tantas “primeiras vezes” que acho que é impossível lembrarmos de tudo. Eu, pelo menos, não lembro de quase mais nada (risos!), mas uma delas acho que não vou esquecer: a primeira dor de garganta do Huguinho.

No último sábado, o Huguinho apareceu do nada com um febrão de 39 graus. Ele estava ótimo até o meio da manhã e de repente aquela febre. Ele ficou super caidinho, choramingando e não queria comer. A febre estava super persistente e não sabíamos muito o que fazer. Não havia nenhum sintoma “aparente”. Nada de coriza, espirros, tosse… nada!

Enviei uma mensagem para o nosso querido pediatra, mas percebi que ele estava offline, pois não havia recebido o whatsapp. A febre continuava alta e, como estávamos na casa dos meus pais, recorri a outro querido pediatra, que é vizinho deles, para pedir uma opinião sobre o antitérmico.

Na mesma hora ele examinou o Huguinho e constatou que o problema era a garganta. Estava muito inflamada, com várias placas. O Huguinho começou a tomar antibiótico imediatamente.

É claro que ter um diagnóstico acalmou o nosso coração. Mas, daí em diante, foram mais dois dias de choro, febre indo e voltando e apetite praticamente zero. Até a mamadeira ele recusava. Como fiquei feliz de ele ainda não ter desmamado completamente, pois foi a amamentação no peito que salvou os nossos dias.

O Huguinho já pegou outras viroses, mas foi a primeira vez que ele “interagiu” com o problema. Com dois anos e três meses, ele conseguiu nos dizer o que sentia. “Muito frio, mamãe”, “dodói ganta” e “tá ruim”, foram algumas das frases dele nesses dias.

É claro que não gostaria que ele estivesse passando por isso, qual mãe ou pai gostam de ver os seus filhos doentes? Mas tudo serve de lição. Para mim a principal delas foi perceber a importância do aleitamento materno mesmo após a criança completar dois anos. Ao contrário do que muitos, mas muitos dizem, o leite materno faz sim diferença. Não existe essa história de que depois de alguma tempo é a mesma coisa que água ou coisa do tipo. Vivendo e aprendendo e lá se foi mais uma “primeira vez”…

post

Trocando ideia: o achado da semana.

Se tem uma coisa que eu gosto nessa vida, é compartilhar ideias e achados de coisas que vou descobrindo por aí. Desde músicas, receitas, lugares, pessoas, livros… Se é bom, tenho o maior prazer em passar pra frente.

Bom, semana passada, minha sogra e sogro chegaram aqui em casa e na mala, além de muito amor, trouxeram várias encomendas que eu havia feito no Brasil e só estavam esperando uma boa alma trazer. Dentre elas, o mais esperado de todos: um livro. Mas não era um livro qualquer…

Já tem um tempo que acompanho o blog da Estéfi Machado… Imagino que muitos de vocês já a conhecem… O blog é simplesmente MARAVILHOSO! Estéfi é daquelas mães superprendadas, que fazem uma simples caixa de papelão virar uma televisão maneiríssima, e ainda por cima te “convence” que você também consegue. Bom, a moça tem mil e uma qualidades, mas, para mim a maior de todas, é como ela nos inspira a dedicar nosso tempo com a criança. Como ela mesma disse: “laços profundos se criam quando a gente fabrica a brincadeira com nossos filhos”. E eu acredito nisso profundamente.

Essa lindeza de pessoa  lançou um livro. E foi esse livro que semana passada chegou em minhas mãos. O livro se chama: O Livro da Estéfi: Crafts para fazer em família. Gente, pensa em um livro lindo!!! O livro vem com mil ideias pra fazer com as crianças em dias de chuva, dias de sol, festas… Aqui em casa chegou na hora certa, já que o frio e a chuva já andam batendo à porta, então, nada melhor do que ter atividades pra fazer dentro de casa.

Bom, se vocês acham que a moça me conhece… nunca me viu mais gorda e nem sabe quem eu sou. Estou compartilhando com vocês porque achei esse livro tão legal, que merecia um post. Se vocês não conhecem o blog dela, vale muito a pena passar horas navegando. Ela também escreve pro blog americano Handmade Charlotte, que também é muito legal!

Algumas fotos do livro e do blog:

c055c608-ab8e-4044-a765-458e946a5783

Esse é o livro.

chamada_tuba

Olha que bacana pra fazer com as crianças e depois elas brincarem na água. Foto: Éstefi Machado/ http://www.estefimachado.com.br

e7ed6f8dd09d100020879c2878b2dcbc

E esse Beatles feitos de palitos de sorvete?! Foto: Estéfi Machado/ http://www.estefimachado.com.br

tv-papelao-estefi

A próxima caixa de papelão que chegar aqui em casa já tem destino. Não é o máximo?! Foto: Estéfi Machado/ http://www.estefimachado.com.br

Espero que curtam o blog e o livro, pra além disso, que possa servir de inspiração pra brincar junto com os filhos e transformar esses momentos simples, em mágicos.

Ah! Se vocês têm sites, músicas, livros ou ideias bacanas, compartilhem na nossa página ou aqui nos comentários… Vamos amar!

Beijos e até