Da pequena toupeira que queria saber quem tinha feito cocô na cabeça dela

pequena-toupeira

O livro é sobre a pequena toupeira que queria saber quem tinha feito cocô na cabeça dela… É de uma forma muito divertida que o autor aborda o tema.

Autor: Werner Holzwarth
Ilustrador: Wolf Erlbruch
Tradução: Heloisa Jahn e Dieter Heidemann
Editora: Companhia das Letrinhas

* A escolha dos livros para a biblioteca do Mama Connection é feita de acordo com os gostos das mamães Carol, Mari e Pri, e seus filhotes, claro. O Mama busca mesclar histórias escritas por autores nacionais e internacionais. Não há qualquer vínculo comercial com os autores e/ou editoras responsáveis por cada publicação indicada no blog.

post

O primeiro ‘Vale Night’ a gente nunca esquece!

mari-eduMeus pais foram nos visitar em Julho de 2015, na Noruega. Tom estava com nove meses e, desde seu nascimento, eu e Edu nunca tínhamos saído só nós dois! Nem de manhã, nem à tarde e muito menos à noite!

Vida longe da família tem disso, ainda mais na Noruega! Até rola dos pais deixarem seus filhos por algumas horas com uma baby sitter, mas meu coraçãozinho aqui não dá conta não! A gente até tem amigos com quem deixaríamos o Tom sem problemas. Mas estávamos esperando aqueeeeele evento! Então, o máximo que rolava eram “vales” que eu e o Edu nos concedíamos para curtir com os amigos.

Continue lendo

post

O bebê tagarela que não sabe falar

WP_20160325_025O Huguinho tem um ano e oito meses e ainda não fala muita coisa. Só mesmo o básico do básico, e mesmo assim há pouco tempo. Quando está com muita disposição ele solta algumas palavras, como “mamá”, ou “papá’, ou “vovó” ou “auá”, este último se referindo ao nosso cachorro Mafuá.

Seria mentira se eu dissesse que isso não dá uma certa ansiedade. Para falar a verdade, estou muito ansiosa para ele começar a falar. Acho que vai facilitar bastante a nossa comunicação. Mas, apesar de toda a ansiedade, acho que estamos no caminho certo, e o jeito é ter tranquilidade para esperar o momento dele.

Continue lendo

Menina bonita do laço de fita

menina-bonita

Um clássico da literatura brasileira,  o livro “Menina bonita do laço de fita” conta a história de uma menina negra que encanta um coelho branco que quer ficar preto. O coelho tenta de todas as maneiras descobrir o segredo da cor da pele da menina e, quando descobre, faz desse livro um encanto, que fala sobre autoestima e tolerância! Uma leitura pra divertir e pensar!

Autor: Ana Maria Machado
Ilustrador: CLAUDIUS
Editora: Ática

 

 

 

 

 

* A escolha dos livros para a biblioteca do Mama Connection é feita de acordo com os gostos das mamães Carol, Mari e Pri, e seus filhotes, claro. O Mama busca mesclar histórias escritas por autores nacionais e internacionais. Não há qualquer vínculo comercial com os autores e/ou editoras responsáveis por cada publicação indicada no blog.

Bruxa, bruxa: venha à minha festa

bruxa-festa

A narrativa é baseada em textos curtos em que a menina convida vários seres para irem à sua festa. Esses seres, por sua vez, condicionam sua presença somente se levarem um outro ser… A história é incrível, com ilustrações mais incríveis ainda, e que enchem nossos olhos de medo, beleza e magia!

Autor: Arden Druce
Ilustrador: Pat Ludlow
Tradutor: Gilda de Aquino
Editora: Brinque-Book

 

 

 

 

 

* A escolha dos livros para a biblioteca do Mama Connection é feita de acordo com os gostos das mamães Carol, Mari e Pri, e seus filhotes, claro. O Mama busca mesclar histórias escritas por autores nacionais e internacionais. Não há qualquer vínculo comercial com os autores e/ou editoras responsáveis por cada publicação indicada no blog.

post

A primavera chegou em Oslo!

Primavera OsloQuando me dei conta, o casaco estava esquentando demais, o céu estava azul, o sol brilhando, passarinhos pousavam na varanda. É oficial, a primavera chegou! Ainda faltam as flores, mas já sinto no rosto a mudança da estação.

E isso para quem mora aqui no norte é alegria pura. A época é deliciosa, os dias cada vez mais longos, as ruas e parques mais cheios, começam os primeiros churrascos. Qualquer coisa é motivo para ficar do lado de fora. Depois de tanto tempo dentro de casa e cobertos até a alma de lã, é hora de colocar o corpinho no sol para melhorar essa cor pálida e ir em busca de vitamina d.

Continue lendo

Adivinha quanto eu te amo

adivinha-quanto-eu-te-amo

O livro fala sobre o amor entre pai e filho! Um filho que tenta de várias maneiras mostrar o tamanho do seu amor e que é surpreendido pelo pai. Lindo ver a carinha das crianças quando acaba o livro.  Esse livro foi publicado em 37 idiomas!

Autor: Mcbratney, Sam
Ilustrador: Anita Jeram
Tradução: Fernando Nuno
Editora: 2424

* A escolha dos livros para a biblioteca do Mama Connection é feita de acordo com os gostos das mamães Carol, Mari e Pri, e seus filhotes, claro. O Mama busca mesclar histórias escritas por autores nacionais e internacionais. Não há qualquer vínculo comercial com os autores e/ou editoras responsáveis por cada publicação indicada no blog. 

post

Algumas curiosidades da Páscoa na Noruega

A parte antiga de Stavanger, na Noruega. Meu lugar favorito na cidade!

A parte antiga de Stavanger, na Noruega. Meu lugar favorito na cidade!

Estamos na semana da Páscoa, e pra mim essa data tem uma simbologia superforte e fico muito sensibilizada. Já é a quarta Páscoa que passamos longe da família e eu sinto muito não poder desfrutar desses momentos onde todos se reúnem para celebrar e ficar juntinho… ainda mais depois da chegada do Tom.

Bom, como em toda escolha, temos perdas, mas também temos ganhos! Eu e o Edu sempre aproveitamos esse período pra viajar e conhecer lugares novos. E pra mim, é muito enriquecedor estar morando em outro lugar e desfrutar de novas culturas. Por isso, queria dividir com vocês, um pouquinho da minha impressão da Páscoa na Noruega. Mesmo não morando mais lá, me deixou excelentes lembranças.

Continue lendo

post

Final de semana pelo mundo. Como foi o seu?


Final de semana - Penedo

Final de semana começou cedo na ‘roça’. Demos banho no Mafuá, jogamos bola, fizemos farra até à noite. No dia seguinte,  fomos passear na Pequena Finlândia, um shopping temático aqui em Penedo, e arranjamos uma amiga. Depois fizemos farra em casa e o Mafuá roubou um brinquedo. Fechamos o dia com um passeio no Bier Park que montaram aqui. Corremos, brincamos, caímos e levantamos prontos para mais uma semana!

Final de semana - Londres

Nosso sábado começou com um delicioso passeio de trem pra conhecer mais a cidade. No caminho, comemos pão de queijo numa feira maravilhosa que fica na Duke of York Square. Depois fomos pro meu mercado favorito, o Whole Foods Market e na volta aproveitamos pra caminhar pela Kensington Park. Como o final de semana foi de muito sol, passamos o domingo no parquinho e finalizamos o dia com o Tom fazendo o que mais gosta com o papai, jogar bola e gritar GOOOOL!!!

Todo sábado de manhã pai e filho ficam sozinhos e eu aproveito para ter um tempinho só para mim. Eu amo ficar com meu filho, mas tirar essa manhã para fazer outra coisa tem sido muito bom. Esse sábado eu estava morrendo de preguiça e acordamos tão cedo por aqui que cheguei na academia ainda abrindo. Depois de uns minutos já estava bem mais disposta para aproveitar o dia em família. Fomos até o centro passear, encontramos amigos e almoçamos por lá. Domingo encontramos outros amigos, passeamos pelo porto, fomos num café delicioso português chamado “Pastel de Nata” e terminamos o final de semana visitando o Museu de Arte Contemporânea de Oslo. Foi a primeira vez de Gael no museu e ele assistiu tudo de camarote.

post

O sorriso de reconhecimento materno

DSC_0156Desde que me tornei mãe passei a observar com mais atenção outras mães com seus filhos nas ruas, nos restaurantes, nos supermercados, enfim, por todas as partes. Não é que antes não me importasse, mas estas cenas corriqueiras passaram a ter outro significado para mim quando o Huguinho nasceu.

É como se a minha visão tivesse mudado e eu passasse a enxergar melhor, com mais precisão, sem deixar passar qualquer detalhe. E fico imaginando que deve acontecer isso também com outras mamães.

Continue lendo